“A meditação para eclesiásticos e seminaristas, unida a exercícios de concentração, como possível meio de prevenção da síndrome de burnout, dentre outros distúrbios psicológicos”

304ª Sessão Ordinária – trabalho científico do acadêmico do 3º ano de Filosofia, Gean Cacio Lopes Ribeiro, intitulado: “A meditação para eclesiásticos e seminaristas, unida a exercícios de concentração, como possível meio de prevenção da síndrome de burnout, dentre outros distúrbios psicológicos”.

O acadêmico inicia sua apresentação explanando as motivações que ele teve para escolher tal tema: ele mesmo, justificando o seu cansaço. Sendo o principal objetivo do seu trabalho os eclesiásticos, àqueles que devido ao excesso de trabalhos pastorais são vítimas frequentes do esgotamento profissional, e que ao descuidarem-se da própria saúde e não dando o adequado tempo para o descanso, podem chegar, afirma ele, à síndrome de Burnout. E tudo isso está associado à omissão da meditação diária. A meditação, segundo o acadêmico, é um excelente meio para evitar esta síndrome, demonstrando várias teorias que apontam a esse método vários benefícios para sua saúde psíquica. Ele afirma, findando seu trabalho, que muitos têm essa síndrome e não sabem; e que a síndrome de Burnout ataca e não escolhe pessoas, e nós padres, futuros padres, podemos estar imergidos no cansaço e precisa-se praticar exercícios mentais para podermos prevenir tal síndrome.

Para visualizar a íntegra do trabalho clique aqui!

Assista à apresentação:

compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram

deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: