Chamado de Misericórdia

Miserando atque eligendo, olhando com misericórdia o elegeu. O lema de pontificado do Papa Francisco é retirado das homilias de São Beda sobre a passagem da vocação de Levi, ele que estava ali sentado na coletoria de imposto esperando somente um olhar misericordioso para retira-lo daquela vida, por isso responde prontamente ao chamado de Jesus, coloca-se a serviço, deixa tudo o que está fazendo para estar com Jesus, para segui-Lo.

Como disse o Papa Francisco, em um dos momentos do Angelus o primeiro olhar é de Jesus aquele olhar misericordioso que nos alcança mesmo antes que compreendamos que precisamos ser salvos […], olhar milagroso onde começa a graça da conversão.[1]

Assim como São Mateus deve ser a nossa vida ao primeiro chamado de Jesus que nos olha com um olhar misericordioso e nos chama, devemos também acolher esse olhar misericordioso e largar tudo aquilo nos prende a esse mundo para segui-Lo, sem medo.

Deus nos faz esse convite a segui-Lo porque nos ama e quer fazer de nós santos, nos chama a uma verdadeira felicidade a qual só podemos encontra-la do seu lado. O que acontece é que muitas vezes silenciamos esse chamado de Jesus em nossas vidas, e fazemos assim como o jovem rico que quando Jesus convida ele a uma vida de perfeição, a felicidade plena o mesmo vai embora pois não quis deixar aquilo que trazia felicidades momentâneas e acaba deixando de lado o seu chamado.

Outras vezes até acolhemos o olhar misericordioso de Jesus e nos colocamos a segui-Lo, porém, trazemos em nossos bolsos as nossas moedinhas que as vezes custamos a nos desapegar. Em outros momentos, nos deixamos levar pelo medo em corresponder ao chamado de Jesus e somos como São Pedro que quando Jesus o chama se reconhece indigno ao ver quão grande era o que Jesus tinha para ele, e pede para que Jesus se afaste, mas mesmo assim Jesus diz para ele não ter medo e convida a segui-Lo.

Assim também nós muitas vezes reagimos como São Pedro que diante do chamado de Jesus deixou-se tomar pelo medo, porém Jesus em sua infinita misericórdia nos encoraja e nos pede assim como pediu a São Pedro para que não tenhamos medo, pois Ele veio justamente para aqueles que precisam de sua infinita misericórdia para aqueles que são pecadores.

E assim Jesus nos convida a mudar de vida, a partir do momento em que prontamente Levi deixou sua vida de cobrador de impostos passou a obedecer e seguir Jesus e também fazer tudo em obediência a palavra Dele, aí começa sua caminhada de santidade, assim também acontece conosco porque quando Deus nos chama Ele não muda só nosso nome, mas também a nossa vida.

Agora cabe a nós assim como Mateus deixarmos alcançar pelo olhar misericordioso de Jesus e responder sem medo, e prontamente ao chamado que Ele nos faz.

O olhar que nos alcança é a mais singela expressão do encontro com o amor, pois, como refletiu o Papa Francisco no Angelus, que a medida que esse amor nos alcança assim como Zaqueu ou Mateus percebemos o quão insignificante é uma vida consumida por dinheiro, e por outros senhores que o mundo nos proporciona. Assim passamos a olhar a vida com outros olhos. Onde antes era ganancia, agora é generosidade, antes ele queria ganhar mais, agora sente-se feliz em doar. O encontro com o amor, a descoberta de que ele é amado apesar de seus pecados faz com que ele queira amar os outros, transforma o dinheiro de fonte de pecado para um sinal de solidariedade.

E para que possamos alcançar essa graça de respondermos melhor e prontamente ao chamado misericordioso de Jesus, contemos sempre com o auxílio de Nossa Senhora aquela que sempre se pôs a serviço de Deus, que estava sempre pronta a corresponder o seu chamado.

WELLS, Christopher. Pope at Angelus: The merciful gaze of Jesus leads to conversion. www.vaticannews.va. Disponível em: <https://www.vaticannews.va/en/pope/news/2019-11/pope-at-angelus-the-merciful-gaze-of-jesus-leads-to-conversion.html>. Acesso: 05/11/2019


[1] Cf. WELLS, Christopher. Pope at Angelus: The merciful gaze of Jesus leads to conversion. www.vaticannews.va. Disponível em: <https://www.vaticannews.va/en/pope/news/2019-11/pope-at-angelus-the-merciful-gaze-of-jesus-leads-to-conversion.html>. Acesso: 05/11/2019

Vinícius Alexandre, 2º ano do discipulado.

compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram

deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: